sexta-feira, 4 de março de 2011

1984 (Nineteen Eighty-Four, 1984)


Um dos mais aclamados escritores da história, George Orwell é conhecido pelas duas mais influentes criticas literárias a sociedade.
1984 conta a história de Winston Smith um apático habitante de Oceania, um dos três impérios nos quais o mundo se encontra agora dividido!  Subjugado por um governo totalitário, Winston vive sua “tranqüila” vida a mercê do regime ditador (que mantêm um controle tão intenso sobre seu povo, onde nem mesmo pensamentos  “livres" são permitidos) mas mantem dentro de si uma vontade sem igual de rebelar contra o sistema. Winston conhece Julia, por quem se apaixona e começa a viver o seu romance, mas isso até ambos caírem nas mãos do governo.
Se você espera um história de superação e vitória, 1984 não foi feito para você. A narrativa de Orwell, assim como em A Revolução dos Bichos, é agradável e te prende a história, mas não tem a intenção de divertir nem de emocionar. O verdadeiro objetivo de Orwell e fazer uma crítica social, uma metáfora contra o comunismo, e um sinal de alerta para as gerações vindouras.
A idéia de 1984 é semelhante à aplicada em A Revolução dos Bichos, que criticava diretamente o regime de Stalin na União Soviética, porém a abordagem é outra, a idéia de Orwell em 1984 foi mostrar como seria viver em uma sociedade totalmente submissa ao Governo, onde a liberdade de expressão, direito de ir e vir, e até a capacidade de amar foram obliteradas pela presença maciça e esmagadora do Partido.
O teor da obra de Orwell é tão intenso, que o livro se tornou um clássico universal, e 1984 é até hoje lembrado pelo seu regime ditador e pelo “trágico” final reservado a Winston Smith, que mostra como é impossível prosperar num mundo onde não existe mais esperança. O termo “Orwelliano” surgiu na época como referência a qualquer coisa ligada ao regime do livro.
Assim como os animais falantes de A Revolução dos Bichos, a influência dessa obra, teve impacto não só na literatura, mas também sobre toda cultura pop, o que acabou influenciando centenas de excelentes obras, destaque para o filme Equilibrium (com Christian Bale) e a espetacular HQ V de Vingança de Alan Moore (essa sim uma excelente pedida, para quem quer um final libertador e emocionante)! Até o famoso reality show Big Brother, recebeu o nome influenciado pelo livro.
Mesmo escrito na época da Guerra Fria como uma crítica direta ao Comunismo, a obra de Orwell continua extremamente atual – e mesmo hoje remete a vários governos vigentes como: Coréia do Norte, China, Egito, Líbia, etc... – e ainda hoje serve como um alerta para o mundo, que com tanta tecnologia e a globalização está de uma forma ou de outra sempre a mercê dos “Big Brothers” – e não, isso não foi um trocadilho para falar que o Bial dominará o mundo!  

Escritor: George Orwell




Nenhum comentário:

Postar um comentário