domingo, 1 de agosto de 2010

Esfera (Sphere, 1988)


Michael Crichton é a mente por trás do excelente Parque dos Dinossauros. Exímio escritor de ficção científica, Crichton é um dos maiores nomes no chamado Techno Triller, estilo de narrativa onde há enorme detalhe técnica das tecnologias envolvidas. Muitos livros de Crichton viraram filme, e Esfera não foi diferente.
Um grupo de cientistas, encontram uma nave perdida no fundo do mar, e descobrem que seu naufrágio data de uma época anterior a corrida espacial. Um grupo de pesquisadores, são enviados para estudar o tal objeto. Lá chegando eles descobrem que a nave é oriunda da terra, mas muito provavelmente veio do futuro. Eles encontram no interior da nave, uma esfera alienígena, mas não sabem o que se encontra dentro, até que conseguem entrar em contato com o seu provável habitante. A entidade alienígena, que parece ter a mentalidade um tanto quanto estranha, passa a aterroriza-los.
Uma idéia bem legal, e com narração eficiente, faz de Esfera um ótimo livro. Os detalhes que Crichton usa para contar a história, como nos momentos em que os pesquisadores explicam a existência dos buracos negros é muito interessante. O ponto alto do livro, é o suspense criado: criaturas inexistentes começam a aparecer, e a atacar os sobreviventes, a atmosfera de terror é ampliada pela falta de contato com a superfície. Até aí tudo é muito bom, até o desfecho do livro... As explicações para os acontecimentos bizarros, são um tanto quanto chatas, e tiram toda a magia criada no início da história, e o desfecho final simplesmente tranca a narrativa como se não tivesse acontecido nada, transformando-a em algo obsoleto.
Mas de uma forma geral, é muito bom livro, e se você é fã de Crichton ou de ficção científica, vale a pena dar uma conferida.
Escritor: Michael Crichton

Nenhum comentário:

Postar um comentário