sábado, 10 de julho de 2010

Stardust (2001)


A fantasia é um dos ramos mais prolíferos da literatura. Desde Tolkien, Lewis, Howard, centenas de outros escritores tentam a sorte nesse gênero, tornando-o rico em títulos e obras. Com tanta material escrito, fica difícil se sobressair ou criar algo original, até que novamente Neil Gaiman, com sua mente viajante, e muito trabalho duro, consegue faze-lo com: Stardust.
Stardust conta a história de Tristan Thorn, um morador do vilarejo de Wall, uma vila comum cercada por um pequeno muro... um muro que tem uma pequena abertura... uma abertura que leva para um mundo mágico. Os moradores de Wall não tem permissão para atravessar o muro, mas Tristan apaixonado por uma garota da vila - que simplesmente não dá a mínima para ele - faz uma promessa: ele vai buscar uma estrela cadente para ela, que caiu do outro lado do muro. Tristan atravessa o muro, e entra numa terra mágica, onde viverá muitas aventuras, com tudo o que tem direito: bruxas, príncipes, princesas, magia, e romance. O fato é que a estrela, foi uma relíquia lançada ao céu pelo atual Senhor do Domínio das Tempestades, e quem dos seus sete filhos conseguir encontrar a relíquia, se tornará o próximo senhor. A estrela ao cair na terra, se torna uma mulher: Yvaine, que acabará por se apaixonar por Tristan. Yvaine por sua vez é perseguida por uma bruxa, que quer comer seu coração para rejuvenescer. É com essa trama que Gaiman conquista os leitores, com uma narrativa, rápida, mágica e bastante agradável.
A edição original de Stadust, foi escrita por Neil Gaiman, toda com caneta tinteiro, em dois grandes volumes encadernados em couro, e todas as suas ilustrações foram concebidas por Charles Vess. Stardust entra na linha dos contos de fadas escritos por Gaiman, e é realmente fantástico, Gaiman foge de alguns conceitos clássicos da fantasia tradicional e cria seus próprios: destaque para a “floresta que se alimenta de sangue” e os “pescadores de relâmpagos, que navegam nas nuvens.
Stardust, merece lugar de destaque na imensa lista da literatura fantástica, bonito, interessante, original, consegue fazer com que você entre de cabeça e viva com todas as emoções a aventura de Tristan. Se você gosta de fantasia, esse é um título que você deve procurar, as obras de Neil Gaiman são algumas vezes superestimadas – até pelo talento ímpar que o escritor possui – mas Stardust não é uma delas. Vale a pena!





Nenhum comentário:

Postar um comentário