sábado, 12 de junho de 2010

Mandando Bala (Shoot 'Em Up, 2007)

Se você coloca num filme: Um carinha fodão que usa sobretudo preto e odeia pessoas que não dão seta; um inimigo gordinho, que usa óculos e é ligeiramente sádico; uma prostituta bem gostosa; muito humor e sarcasmo; trilha sonora heavy metal; tiroteio desenfreado do início ao fim; e cenouras – sem piadinhas capciosas, heim? – o que você tem? Um filme debochado? Talvez, mas um filme debochado muito bom!

Smith (Clive Owen) está sentado comendo sua cenoura tranquilamente, quando uma mulher grávida passa fugindo de uns perseguidores do mal. Smith não vê outra alternativa a não ser ajudar a pobre mulher, que acaba levando um tiro na cabeça. Em meio a um alucinante tiroteio, Smith foge levando a criança... a partir desse momento ele fará parte de uma perseguição sem limites! Hertz (Paul Giamatti) é um assassino contratado para matar a criança e fará de tudo para consegui-lo inclusive matar quem estiver no caminho. Dona Quintano (Mônica Bellucci) é uma prostituta que acaba se tornando a mãe adotiva. Não tem muito mais a comentar, o resto é tiroteio até o final, com cenas absurdamente mentirosas, mas altamente empolgantes e engraçadas – ahh, e o bebê curte heavy metal!

Mandando Bala não é um filme pretensioso, que vai encher os olhos dos críticos, mas tem um humor escrachado e cenas de ação muito boas, e acabou sendo um sucesso maior que o esperado. O filme bebe das fontes das HQ’s, e tem sim o seu charme, muito melhor do que muito filme de ação por aí – Velozes e Furiosos que o diga.

Se você não gosta desse tipo de filme, é melhor nem tentar assistir, pois ele não mudará sua opinião a respeito, mas se você é daqueles que gosta de fugir da realidade um pouco, e descansar na sua poltrona para ver um filme bem descolado, Mandando Bala é uma excelente pedida!

Direção: Michael Davis

Roteiro: Michael Davis

Duração: 86min

Distribuidora: Playarte

Nota: * * * * *

Nenhum comentário:

Postar um comentário